banner head

InícioNotíciasGeralEspetáculo "Morada" estréia no Teatro Wallace Leal

Espetáculo “Morada” estréia no Teatro Wallace Leal

Nesta quinta-feira (26), o Grupo Oitis de Dança Teatro apresenta “Morada”, às 20 horas, no Teatro Wallace Leal Valentin Rodrigues, com entrada gratuita. O espetáculo de Dança-Teatro tem direção de Moema Guimarães e é resultado do projeto de Ocupação do Palacete das Rosas, realizado pela Secretaria Municipal da Cultura e Fundart, no período de novembro a dezembro do ano passado.

“A minha ocupação do Palacete das Rosas tinha dois objetivos: o primeiro era compor um espetáculo em dança contemporânea com elementos da cultura popular, deixando todo o processo à mostra e, o segundo, era procurar por chaves de interesse em dança entre as pessoas no entorno do edifício para usá-las no mesmo trabalho”, revela a diretora.

“O diálogo entre o que acontece no espaço do teatro e no espaço da rua, mediado pelo texto, era a razão do meu encantamento. Traduzir isso para dança parecia ser forte o suficiente para formar público, abandonar preconceitos em relação à linguagem do corpo, além de bom ponto de partida de criação. A versão nordestina do Cordel sempre esteve presente, porém queria aguardar a interferência das pessoas ouvidas”, conta Moema.

O trabalho passa por quatro ambientes – urbano, rural, cênico e audiovisual. “A dança acontece analisando a relação do corpo dos seus intérpretes-criadores com o tempo, o espaço, a memória individual e coletiva”. De acordo com a diretora, pretende-se aqui questionar qual é a morada da dança. O espetáculo conta com elenco formado por: Guber Cavagnolli, Jorge Lopes Jr, Moema Guimarães e Tais Magnani.

Para produzir “Morada”, Moema passou por diversos processos e encontros, como com o ilustrador Abimael Martins, a arte-educadora Rita Michelutti, a bailarina Tais Magnani, e o fotógrafo Jorge Lopes Jr. “Tive a chance de encontrar a bailarina e professora Sandra Drouet que me confidenciou a vontade de contar as histórias de dança da cidade, combinamos de darmos início a essa empreitada paralelamente ao espetáculo”, lembra.

Depois da fase da ocupação e com a coreografia pronta, Moema buscou embasamento teórico em dois historiadores: Jacques Le Goff (estudo do corpo na Idade Média) e Richard Sennett (estudo do corpo e da cidade na Civilização Ocidental). Foi aí que percebeu que não havia fugido do cordel, sua liberdade poética e sua autenticidade estavam muito presentes – o que havia feito era um espetáculo não narrativo, uma performance espacial, com cenas representantes das figuras indispensáveis da literatura proveniente da oralidade.

“Fiz também uma extravagância, repetindo Augusto Boal e Ivaldo Bertazzo, juntei um elenco fixo (eu, Tais Magnani e Jorge Lopes Jr) com um elenco convidado de não bailarinos”, revela. Moema acredita que a oportunidade do projeto de ocupação a fez transpor limites do seu trabalho. “Permitiu-me entender escolhas através do diálogo com outros artistas e com funcionários. E principalmente, reconheço a influência da cidade de Araraquara na minha construção profissional e pessoal. Por essa razão, considero de extrema importância fechar o ciclo devolvendo minhas vivências”.

O Teatro Wallace Leal Valentin Rodrigues está localizado à Av. Espanha, 485, no Centro de Araraquara, anexo à Casa da Cultura.

 

Ficha Técnica

Criadores-intérpretes: Guber Cavagnolli, Jorge Lopes Jr, Moema Guimarães e Tais Magnani

Fotografias: Adriano Carvalho e Jorge Lopes Jr

Videos: Estúdio Moema e Medimagem

Direção: Moema Guimarães

Apoio: Secretaria da Cultura de Araraquara

 

SERVIÇO:

Espetáculo Dança Teatro: “Morada”, com Grupo Oitis

Data: quinta-feira (26/03)

Horário: 20 horas

Local: Teatro Wallace Leal Valentin Rodrigues (Av. Espanha, 485 – Centro)

Grátis

 

Artigos relacionados
- Anúncio -
Radio Ao Vivo

Mais lidas